OS DESAFIOS DA NOVA TURMA DA WEBTV

Se juntam ao Eduan Rodrigues a Priscila lima, José Elivelton, Nicolly D’ Lorraine e Thailane Morais.

A nova turma da WEBTV UNINTA foi formada após processo de seleção iniciado no ultimo dia primeiro de março de 2021, de forma on-line e que contou com a participação de sete candidatos para o total de 4 vagas. Após passarem pelas duas etapas do processo seletivo, os estudantes selecionados como futuros bolsistas e que se juntam ao Eduan Rodrigues foram: Priscila lima, José Elivelton, Nicolly D’ Lorraine e Thailane Morais.


   Em conversa com um dos participantes da nova turma da WEBTV UNINTA, Elivelton Oliveira falou quais são suas expectativas para o novo projeto. “O que mais me motivou a me inscrever nesse projeto de extensão foi, principalmente, a oportunidade de ter esse contato com webjornalismo e telejornalismo. Aprender coisas desde as mais simples, até as mais complexas. Ter a oportunidade de conhecer uma área especifica da graduação. Inclusive, eu pretendo participar de mais projetos de extensão e ter também essa gama de conhecimento”, ressaltou o estudante do quarto semestre.

    A aluna do quinto semestre, Priscila Lima relata como foi sua experiência com o processo seletivo. “Para mim foi bem tranquilo, como já era minha terceira tentativa no projeto, não tive dificuldade em nenhuma das etapas. O que permaneceu foi o nervosismo de sempre. Estar na WEBTV é uma realização que eu almejava desde o começo do projeto”, afirmou a acadêmica de jornalismo.

    De acordo com o professor responsável pelo projeto, Me. Matheus Salvany, a adaptação e inovação no período da pandemia são os grandes desafios a serem enfrentados por esta nova turma. “O Projeto teve de se adaptar nesse período de pandemia, mas mesmo assim continuamos produzindo e gerando experiências para os estudantes, o que é o mais importante. Neste semestre teremos uma turma nova, estamos muito empolgados porque são alunos do terceiro, quarto e quinto semestre e acredito que vai ser bem produtivo para eles”, destacou o professor responsável.

     O ex aluno da web TV, James Henrique, conta como foi a experiência de participar do projeto e os desafios de fazer telejornalismo na modalidade home office. “No inicio do nosso projeto veio a pandemia, tivemos de fazer tudo de casa, tendo orientação dos responsáveis. Essa adaptação nos ajudou a ter uma experiência ainda mais valiosa. Nessa época criamos o Jornalink, continuamos o jornal acadêmico em casa. Fizemos entrevistas via conferência, que, inclusive, entrevistamos jornalistas que estavam atuando na pandemia, editores chefes de jornais. Fizemos muita coisa de casa. Foi uma experiência muito prazerosa e enriquecedora”, enfatizou o estudante de jornalismo.

Bruna Laiza Rodrigues Cordeiro
Estagiária da Agência Júnior de Jornalismo UNINTA.