O  curso de jornalismo do Centro Universitário Inta (UNINTA) realizou no dia 27 de setembro sua aula magna. Marcando não somente o início do semestre 2021.2, mas também o retorno às atividades presenciais após mais de um ano em regime síncrono em razão da pandemia de covid-19. Com o tema “Jornalismo em frente às câmeras: Produção e apresentação de um telejornal” o convidado Luiz Esteves, jornalista e apresentador do telejornal do meio-dia da TV Verdes Mares, o CE1, compartilhou sua trajetória no telejornalismo cearense.

Luiz conta que iniciou como estagiário na TV Verdes Mares em 2006, já em 2007 foi contratado como repórter, período onde viajou por todo o estado, e em 2009 iniciou sua jornada como apresentador. Contudo, o seu começo no telejornalismo veio bem antes, quando estudante participando do projeto de extensão da TV Universitária, ambiente onde se familiarizou com diversos aspectos do jornalismo audiovisual e preparou-o para sua ascensão profissional.

O jornalista também ressaltou a mudança que a comunicação passa com o desenvolvimento da internet, smartphones e streaming que tornaram o telejornalismo, anteriormente feito somente para televisores, um produto para inúmeras telas e canais de acesso. “Quando estava na faculdade já tinha internet, mas nem de longe tínhamos essa quantidade de redes sociais, nem o acesso a internet ou a velocidade atual. Também nem nos preocupávamos tanto com o modelo de multiplataforma”, destacou.


A aula foi presencial e também transmitida online no canal oficial do UNINTA, no youtube, além de ser aberta para alunos e convidados. Todos participaram do debate levantado a respeito da hermenêutica jornalística, como interpretar e transmitir da melhor forma a informação para que o maior número de pessoas compreenda a mensagem. Luiz Esteves finalizou afirmando que o jornalismo não é feito para jornalistas, mas sim para a população. Trata-se de uma questão de justiça social, e deve-se usar de todo artifício ao alcance do comunicador para o fazer.

Ao fim do momento solene de abertura do semestre, a caloura Rebecca Feitosa demonstrou estar animada para iniciar sua jornada no curso. “A história do Luiz com o jornalismo me fez ter a certeza da área que quero seguir. Ele nos mostrou com sua simplicidade e maestria o verdadeiro significado de ser jornalista e a importância do mesmo para a sociedade. Com isso, minhas expectativas para esse primeiro semestre de faculdade são de determinação e foco no que realmente faz a diferença.” afirmou a estudante. 

O coordenador do curso de Jornalismo do Uninta, o prof. Mestre Thiago Mena, destaca a relevância da atividade e reforça o compromisso do curso com a formação de seus acadêmicos. ” O curso de Jornalismo do Uninta está em constante evolução. Neste momento, em que realizamos o retorno às atividades presenciais, estamos desenvolvendo diversas ações para que a experiência de nossos estudantes seja completa. A vinda de profissionais consagrados do jornalismo cearense é fundamental para manter a conexão entre Universidade e Mercado de Trabalho. É preciso, a todo momento, se reinventar e renovar para seguirmos evoluindo.”

O curso de jornalismo ainda terá diversos eventos ao longo do semestre 20221.2 como a Cerimônia do Blazer, Jornada da Comunicação, o Colóquio de Estágios entre outros.  Fique atento/a às nossas redes sociais e ao nosso conteúdo digital, disponibilizados em nosso site, e participe!

Lara Alves | Estagiária da Agência Júnior de Jornalismo do UNINTA

@jornalismouninta | @larrbii_

 

PARA VER: Confira registro fotojornalístico.  Fotos: José Albuquerque.