A iniciativa consiste em uma série de entrevistas com mulheres que atuam no ensino superior, em suas mais diversas áreas, ressaltando a igualdade dos direitos e a capacidade feminina de executar qualquer trabalho que se proponha a fazer.
A iniciativa consiste em uma série de entrevistas com mulheres que atuam no ensino superior, em suas mais diversas áreas, ressaltando a igualdade dos direitos e a capacidade feminina de executar qualquer trabalho que se proponha a fazer.
A iniciativa consiste em uma série de entrevistas com mulheres que atuam no ensino superior, em suas mais diversas áreas, ressaltando a igualdade dos direitos e a capacidade feminina de executar qualquer trabalho que se proponha a fazer.

Com o objetivo de apoiar a presença das mulheres no mercado de trabalho, especialmente no ambiente universitário, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP), em parceria com o curso de Jornalismo do Centro Universitário INTA (UNINTA), desenvolveu e apresenta durante o mês de março o projeto Profissões Femininas.

A iniciativa consiste em uma série de entrevistas com mulheres que atuam no ensino superior, em suas mais diversas áreas, ressaltando a igualdade dos direitos e a capacidade feminina de executar qualquer trabalho que se proponha a fazer. O projeto vem somar à homenagem histórica mundialmente conhecida, o Dia Internacional da Mulher, lembrado no dia 8 de março.

A apresentadora, Pró-reitora da PROPESP, Dra. Chrislene Carvalho dos Santos Pereira Cavalcante, fala sobre a segunda edição do projeto. “Ano passado tivemos a participação de 8 mulheres, dessa vez o projeto cresceu e chegamos a 23. Temos histórias maravilhosas, marcantes e surpreendentes. Elas insistiram nas profissões que sonharam e alcançaram seus objetivos. Então são essas experiências fantásticas que levamos em cada vídeo”, ressalta.

Os vídeos são gravados com o apoio do curso de Jornalismo, na WebTv, espaço destinado aos estudantes para a prática. “De minha parte, coube apoiar o projeto e com muita alegria e satisfação de ver ele sendo continuado pelo segundo ano seguido”, destaca o coordenador do curso de Jornalismo, Prof. Me. Thiago Mena B. Viana.

O Projeto teve início em 2020 e busca homenagear mulheres corajosas, ousadas e que sabem reconhecer oportunidades para transformar suas vidas. Os episódios estão disponíveis através do canal WebTv UNINTA, no Youtube.

Por  UNINTA